Comentários

Recentemente em entrevista a GameInformer, tanto Neil Druckmann quanto Evan Wells, os dois presidentes de Naughty Dog, responderam diversas questões. Após comentarem sobre o futuro das franquias The Last of Us e Uncharted, outro assunto também chamou atenção.

Neil Druckmann em dada parte comentou sobre tudo que The Last of Us Part II sofreu no sentido de hate. Para quem não se lembra, o jogo que veio a conquistar prêmios e ótimas vendas não viveu só de flores. Antes do lançamento, uma série de vazamentos estavam na internet, entretanto nem todos verdadeiros. Mesmo assim, já gerou uma primeiro onda de ódio, seguida pelo lançamento onde decisões do roteiro não agradam uma parcela dos fãs.

Sobre isso, Druckmann comentou que sabiam, desde o início, que era um jogo corajoso e audacioso, que por óbvio iria causar impressões diferentes nos jogadores. O co-presidente seguiu comentando sobre os vazamentos e que essa foi a pior fase do processo, quando pensaram “se o projeto daria certo”. Por fim, completa enaltecendo o game e a equipe de desenvolvimento, afirmando que o importante era trazer uma experiência marcante e significativa para a Naughty Dog.

Fato é que The Last of Us Part II foi um sucesso, quebrando recorde de prêmios e de vendas no Playstation.



Comentários