Comentários

https://www.youtube.com/watch?v=BvE7_sdKwcU

Os videogames foram responsáveis por algumas das frases e bordões mais icônicos da cultura pop moderna. Mas claro, existe uma categoria totalmente diferente em que o personagem principal simplesmente não diz uma palavra sequer.

Jogos com protagonistas caladões existem há tanto tempo quanto os próprios jogos. Embora alguns vejam isso como uma escolha preguiçosa, há muitos casos em que a falta de diálogo ajudou a tornar o jogo mais interessante. Ao longo dos anos, os jogadores foram presenteados com personagens fantásticos e bem desenvolvidos mesmo sem falar nada, cuja maior força freqüentemente não vem das coisas que eles dizem, mas do que eles fazem.

Então, aqui nesse vídeo do Overplay separamos os 5 personagens mudos mais legais dos games.


Crono – CHRONO TRIGGER

Chrono Trigger é um dos melhores JRPGs de todos os tempos, e é um dos maiores exemplos de bom protagonista que é mudo, na figura de Crono.

Crono move a trama, viaja pelo tempo, foge de dinossauros, conserta erros históricos e enfrenta demônios, tudo isso sem falar uma palavra sequer – embora todos conversem com ele. Mas Chrono Trigger traz um elemento curioso… na metade da trama, Crono morre, o que faz com que você precise escolher algum outro personagem como líder da party. Independente de quem seja esse personagem, ele vai sempre falar, responder a situações e interagir com os outros membros da equipe nas mais diversas situações, o que faz com que alguns considerem que o jogo fica até melhor sem o Crono.


Gordon Freeman – HALF LIFE

Gordon Freeman é um dos personagens de videogame mais populares de todos os tempos, sendo o principal protagonista da série de enorme sucesso da Valve, Half Life. Ao longo de suas inúmeras aparições, porém, ele nunca disse uma palavra.

Quando Alyx Vance chamou Freeman de ‘um homem de poucas palavras’ no início do Half-Life 2, ela estava na verdade sendo bem gentil. Embora haja alguns exemplos ao longo da série em que o silêncio de Freeman parece um pouco estranho, o personagem rotineiramente demonstra o quão eficaz um simples olhar ou aceno de cabeça pode ser para transmitir sentimentos.


Doom Slayer – DOOM

Alguns heróis de ação como Duke Nukem contam com bordões um tanto quanto bregas para consolidar seu status de badass. Mas o Doom Slayer fala no campo de batalha. A maneira como ele rasga demônios sem esforço diz mais sobre seu caráter do que palavras jamais poderiam. Além disso, o que exatamente se diz a um demônio do inferno?

Embora ele tenha falado pouco algumas vezes em alguns dos títulos da franquia, a id Software decidiu deixá-lo completamente em silêncio quando reiniciou a franquia em 2016. Seu silêncio não só serve para reforçar sua natureza estóica, mas também para enfatizar a carnificina que está acontecendo ao redor dele. Doom tem um dos melhores designs de som em jogos e é ótimo que isso não seja arruinado por diálogos inúteis.


Red – POKÉMON RED & BLUE

Pokémon Red & Blue fizeram um trabalho fantástico ao incorporar um protagonista silencioso em sua narrativa. Isso não quer dizer que o silêncio de Red realmente aprimore a experiência de alguma forma, mas sua integração é tão suave que muitos jogadores nem perceberão que o protagonista não disse uma palavra durante todo o jogo.

Ao criar Pokémon, Satoshi Tajiri inspirou-se em muitas de suas próprias experiências de infância. É por essa razão que ele queria que o protagonista dos jogos servisse como um espelho para o jogador, ao invés de ser um personagem totalmente desenvolvido. A capacidade de nomear o protagonista juntamente com o seu silêncio durante o jogo certamente ajudam a atingir este objetivo.


Link – THE LEGEND OF ZELDA

Link é um dos protagonistas silenciosos mais icônicos dos games e por um bom motivo. Ele aparece em alguns dos melhores jogos já feitos e derrotou inimigos que deixariam a maioria dos outros protagonistas de videogame encolhidos de medo. O que é mais impressionante é que ele conseguiu tudo isso sem precisar dizer uma única palavra.

Após décadas de silêncio, The Legend of Zelda: Breath of the Wild finalmente esclareceu por que Link nunca fala. De acordo com o diário da Princesa Zelda, ele opta por permanecer em silêncio a fim de evitar incomodar os outros com os fardos que carrega consigo. Dado o quanto geralmente está em jogo nos jogos Zelda, isso realmente faz muito sentido.


Veja também:


Comentários