Comentários

Yonder: The Cloud Catcher Chronicles sem dúvida é uma experiência interessante, entretanto não se trata de um jogo para todos. Tal fala pode parecer um início de algo ruim, mas não! Digo que não se trata de um jogo mainstream por conta de sua proposta: Leve e relaxante.

Uma gameplay calma e prazerosa

Como dito anteriormente, Yonder é um jogo de extrema leveza. Com uma belíssima direção de arte, logo se nota sua inspiração em Zelda. O estilo gráfico e toda a ambientação lembram muito da gigante franquia, assim como sua exploração. Vale dizer, desde já, que na nova geração o jogo está desempenhando muito bem, com 60 FPS bem consistentes.

O jogo tem toda uma ambientação viva, o que é muito bom para essa experiência de viver o cotidiano na pele do personagem, entretanto não fica apenas no ambiente. Vários personagens amigáveis estão durante a nossa jornada, sendo sempre divertido de conversar e conviver com eles.

A história é simples. Como é comum de se ver, existe um mal maior tomando tudo ao seu redor e você deve combater ele. O foco, com isso, fica realmente na jogabilidade e gameplay.

Essa jogabilidade tem várias inspirações. Notei, principalmente, no já mencionado Zelda, entretanto é possível ver que as tarefas lembram muito atividades de Animal Crossing, por exemplo. É possível dentro do game realizar muitas ações, como construir, pescar, cuidar de animais e claro, explorar toda a ilha.

As estações estão presentes e são importantes na gameplay. Podemos notar migrações de animais, ciclos de dia e noite, evolução das condições climáticas, tudo isso é muito bom no jogo. Também, é possível que seu personagem domine profissões! Além de todas as atividades, você pode ser um especialista em carpintaria, por exemplo.

Vale a pena e tem uma boa duração

Um jogo desse estilo deve, por óbvio, ter uma duração interessante. É o caso de Yonder: The Cloud Catcher Chronicles. Mais de 10 horas estão garantidas para se terminar a história principal do jogo e pelo fato de ter diferentes tipos de abordagens, o fato replay é ótimo.

Os visuais ajudam bastante no apego ao game. Por mais que estilizado, é muito confortante andar e explorar todo o mapa da ilha. As cidades dentro do game são bem únicas, uma de cada jeito e além disso, promovem ainda mais a exploração.

No total o jogo tem uma variação de biomas muito grande. No mínimo, notei oito durante a jogatina. Desde densas florestas até praias, se trabalham muito bem também na disposição dessas variações.

As missões secundárias também estão no game. Elas são, de fato, simples, mas encaixam bem na proposta que jogo tem, ainda mais com as principais levando bem o ritmo.

Yonder: The Cloud Catcher Chronicles é uma experiência que vale a pena, ainda mais na nova geração. Pudemos ver um jogo interessante com um desempenho muito agradável, além de ser uma gameplay boa para os dias de hoje, onde a maioria dos jogos vão para um lado frenético. Yonder é relaxante e bem tranquilo de se jogar, com leveza sendo seu ponto forte.

Positivo
  • Ótima exploração
  • Bom sistema de cotidiano
  • Visual interessante
  • Super relaxante
Negativo
  • Faltam desafios maiores
  • Os itens de customização são bem simples
Nota 82

Comentários