Comentários

Call of Duty: Mobile se juntou com o premiado cantor Ozuna, que será o primeiro músico a trazer conteúdo in-game globalmente para os fãs na Temporada 7: Elite da Elite

A partir das 21h (5pm PT) do dia 25 de agosto começa essa parceira com o popular título de celular, em que os jogadores poderão andar por Call of Duty: Mobile usando a skin com tema de urso, icônica do cantor; além de outros itens inspirados em Ozuna, como cartões de visita, avatares e muito mais.

E é claro que essa parceria não poderia passar sem uma música inédita pelo megastar do reggaeton: a canção “A La Buena, El Mejor” foi escrita especialmente para esta temporada de Call of Duty: Mobile.

A Temporada 7 chega trazendo diversos conteúdos gratuitos e premium, incluindo dois novos mapas; novos personagens, como um novo operador chamado Demir; uma nova arma funcional – a Hades ML – Shoulder Cannon; uma nova habilidade de Operador e muito mais.

Os jogadores interessados em conquistar tudo devem prestar bastante atenção aos destaques da Temporada 7: Elite da Elite, que chega para Android e iOS:

• Dois Novos Mapas

• Scrapyard 2019: Um clássico de Modern Warfare 2 que foi introduzido pela primeira vez em Call of Duty: Mobile no começo de 2020 e faz um retorno temático. Um grande mapa simétrico, em um “cemitério de aviões” cheio de destroços e partes perdidas.

• Monastery: Originalmente lançado em Call of Duty Online este mapa traz um monastério em que os jogadores precisam navegar por seus caminhos complicados e prédios apertados, transformando o que era um lugar de paz em uma zona de batalha

• Novo evento temático – Cyber Attack -Com lançamento previsto para dia 3 de setembro, neste evento os jogadores devem enviar seus operadores em uma missão no Multijogador e Battle Royale a cada seis horas para a chance de conquistar recompensas, incluindo os projetos de armas Zero – Dark Ops e SKS – Technic Turret, um Pingente Épico e mais. Quanto mais alto o nível do Operador, maior a probabilidade de conseguir uma recompensas de alta qualidade.



Comentários