Comentários

Terror é um gênero que nunca para de se expandir, e a nova geração de consoles certamente nos trará mais. Aqui estão alguns dos melhores que você pode jogar no PS5.

10 – Tormented Souls

Survival horror clássico está, ou estava meio que morto. A época de ouro de clássicos como Silent Hill, Resident Evil, e até mesmo Alone In The Dark já acabou. Por mais adormecido que isso possa estar, ângulos de câmera fixos, escassez de recursos, e resolução de puzzle ainda possuem seus fãs.

Tormented Souls capta quase tudo o que tornou os clássicos excelentes e faz o suficiente para ser diferente.

9 – The Evil Within 2

No Japão não faltam desenvolvedores lendários. Yu Suzuki, Shigeru Miyamoto, Hideo Kojima são só a ponta de um gigantesco iceberg. Shinji Makami, no entanto, está acima de todos eles quando se trata de criar experiências de terror duradouras.

O pai de Resident Evil e diretor do quarto título da série, buscou uma carreira solo e o resultado foi a série The Evil Within. O jogo pega a jogabilidade atemporal de Resident Evil 4 e combina com um mundo genuinamente perturbador que fica na sua cabeça por muito tempo após os créditos já terem rolado.

8 – Castlevania Anniversary Collection

Terror existe em todas as formas e tamanhos e abrange todos os tipos de subgêneros. Pode parecer bobo agora, mas houve um tempo em que as pessoas morriam de medo de filmes clássicos de terror como Frankenstein, A Múmia e Drácula.

Castlevania pega todos esses clássicos, mistura tudo em um único jogo e pede para você matar todos com um chicote de couro ostentoso. Pode não assustar com seu conceito hoje em dia, mas o que falta em sustos visuais, mais do que compensa com sua dificuldade. Alguns inimigos evocam essa sensação de verdadeiro terror, como cabeças de Medusa voadoras e Flea Men pulando.

7 – The Medium

A Bloober Team está ajudando a liderar a carga quando se trata de entregar terror indie aos fãs. The Medium é o seu último empreendimento, e é facilmente o melhor.

Abordando alguns tópicos e temas verdadeiramente horríveis, incluindo abuso infantil e o holocausto com uma narrativa envolvente, The Medium deixa sua marca. Se isso não bastasse, também traz visuais impressionantes que utilizam um sistema de perspectiva de mundo duplo que também mexe com puzzles e gameplay.

6 – The persistence

Combinar gêneros é uma maneira bastante confiável de proporcionar uma experiência única. The Persistence pega o horror na primeira pessoa, como SOMA, e o suaviza com a geração processual e a morte permanente de roguelikes.

Jogos de terror podem ser assustadores o suficiente com save points e respawn, mas quando a morte é permanente e cada inimigo pode significar seu fim, a sensação é diferente. Originalmente criado para PSVR, o porte pro PS5 vem com algumas peculiaridades que ainda não fizeram a transição para a realidade padrão. Isso pode ser perdoado quando a experiência central é tão satisfatória.

5 – Dead By Daylight

O terror costuma ser uma experiência solitária. É muito difícil ficar com medo quando você tem um amigo correndo e dando tapinhas nas suas costas, quanto mais três. Dead By Daylight é um jogo multiplayer online assimétrico, baseado em classes, onde quatro jogadores precisam completar uma tarefa antes que um quinto jogador, o assassino, os mate brutalmente.

O jogo coloca cinco pessoas em uma sala e as causa arrepios e momentos de tensão. Ah, e não vamos esquecer os inumeros crossovers. Onde mais você pode ter Jill Valentine fugindo daquele cara do Halloween enquanto o velho do Left 4 Dead agoniza pendurado em um gancho

4 – Doki Doki Literature Club

Não se deixe enganar pelo nome, o Doki Doki Literature Club é um grande dobrador de cérebros. Sendo um visual novel, entrar em detalhes sobre o que o torna um jogo de terror tão bom arruinaria tudo.

Dito isso, saiba que Doki Doki Literature Club é uma das melhores experiências de leitura que alguém pode ter em um PS5. Desafiar os clichês e mexer com suas expectativas é o nome do jogo aqui. Demora um pouco para pegar o embalo, mas quando pega ele não para mais.

3 – Amnesia Collection

Poucos jogos podem se erguer e proclamar que trouxeram uma nova era de terror. Vamos ser honestos, é basicamente só Resident Evil e, bem, Amnesia.

Amnesia foi pioneiro no subgênero de terror indefeso em primeira pessoa, e acertou em cheio na primeira vez. Inimigos imbatíveis, uma atmosfera assustadora e um sistema de stealth e sanidade justapostos resultam em tensão constante e ataques de pânico genuíno. Apesar de sua idade, Amnesia ainda parece ótimo e é uma das melhores experiências de terror que existe.

2 – Alien Isolation

Demorou 35 anos, mas Alien: Isolation finalmente escreveu uma carta de amor sincera para o clássico de Ridley Scott de 1979, Alien. Repleto de retro-futurismo, sinônimo de franquia e reminiscências nostálgicas que vão agradar quase todos os fãs.

Por mais lindo que o mundo possa ser, o alien é a verdadeira estrela do show. Incansável, implacável e mais inteligente do que um Xenomorfo comum, esta criatura o encontrará não importa onde você corra ou se esconda. É um pouco longo, mas é facilmente um dos melhores jogos de terror de todos os tempos.

1 – Resident Evil Village

Resident Evil Village é uma carta de amor para todas as coisas do terror. Ele pega um pouco de tudo e espalha uniformemente ao longo de toda a experiência. Tem terror clássico de monstro, sequências stealth horripilantes e muito mais.

Tem coisa pra todos os gostos e funciona muito bem. A jogabilidade também é excelente, a vila do jogo está repleta de puzzles para resolver e coisas para encontrar. Ele é um pouco como um Resident Evil 4 em primeira pessoa, mas é absolutamente independente.



Comentários