Comentários

Nas últimas duas semanas tivemos a disponibilização de betas para Call of Duty: Vanguard. A primeira para quem havia realizado a pré-venda do game e a segunda, aberta. Ao experimentar o beta nas duas semanas, algumas ponderações são interessantes de se expor.

Primeiramente, o beta está melhor do que o alpha em vários aspectos. O maior número de mapas ajudou a entender melhor o game e proporcionar um funcionamento melhor do multiplayer. Também, o som dos passos esteve melhor e mais nítido do que no Alpha, onde era bem complicado de se escutar.

O desempenho gráfico parece levemente mais polido, com a ajuda de outros cenários na jogada. No alpha, o ambiente não exigia muito e não dava muita margem para se notar o potencial do game, mas mesmo assim não chamava atenção. Já no beta, ambientes com neve, chuva, sol e diferentes áreas desde urbanas até de muita natureza conseguiram deixar o jogo mais bonito. O sistema de iluminação do game é bem feito e as áreas destrutivas também bem colocadas, mas parece tudo ser de isopor, extremamente fácil de se quebrar. Madeiras e até paredes não resistem a socos do personagem (?).

Alguns dos problemas persistiram, mas ainda sim tiveram melhoras. O TKT (tempo para matar) continua um pouco problemático e instável. Por vezes senti o mesmo que no alpha: Muita demora para matar e muito rápido para ser morto.

O desenho dos mapas também continuam com qualidade duvidosa. Em um dos modos mais clássicos, o “mata-mata em equipe”, tive a oportunidade de jogar por vezes partidas com 48 jogadores. Acontece que em determinados mapas, funciona bem, já em outros é uma insanidade tamanha que não tem como ser fluído, é matar e morrer. Mesmo fazendo bons stats, o sentimento de satisfação é baixo. Sem falar que vários pontos dos mapas favorecem os campers.

O jogo não desempenhou bem e isso é um grave problema. Quedas de servidor, quedas de FPS e travamentos foram muito constantes. É difícil imaginar ou entender como o nível pode estar tão baixo nesse sentido. O desconto fica por conta de que é um beta, mas mesmo assim, assustador.

Melhorando as áreas de nascimento, o TKT e alguns pontos de polimento, o jogo pode ser lançado com nível de qualidade satisfatório. Por hora, a impressão que fica é de que o próximo CoD não será ruim, mas anos depois não conseguem alcançar a qualidade de Modern Warfare, de 2019.



Comentários