Comentários

Shigeru Miyamoto, o lendário desenvolvedor de games da Nintendo, criador de franquias extremamente populares como Mario e Zelda, uma vez disse o seguinte: “Um jogo adiado eventualmente vai ser bom, mas um jogo apressado vai ser sempre ruim.”

E atualmente, o que nós vemos na indústria é que todo grande projeto passa por pelo menos um adiamento, antes de ser lançado. O exemplo mais notório que nós temos disso, atualmente, é o Cyberpunk 2077, da CD Projekt Red, que já sofreu 3 adiamentos em menos de seis meses.

Mas para mostrar que isso não é exclusividade do Cyberpunk, vamos trazer aqui nesse vídeo do Overplay 10 games que foram adiados tantas vezes, que superaram os atrasos do game da CD Projekt. Felizmente, a maioria deles acabou se saindo muito bem, impressionando críticos e fãs.


10 – Persona 5

Dada a duração impressionante de Persona 5, não é nenhuma surpresa saber que o jogo esteve em desenvolvimento por mais de quatro anos. O quinto jogo numerado da franquia cult deveria sair em 2014, mas acabou sendo adiado de forma indefinida. Mais dois anos no forno fizeram maravilhas, e ele hoje é visto como o melhor capítulo da franquia. E o desenvolvedor, o P-Studio, não encerrou seu trabalho com o jogo após o lançamento em 2016, já que eles lançaram recentemente uma atualização, Persona 5 Royal, que adiciona cerca de vinte horas de conteúdo à história.


9 – South Park: The Stick Of Truth

A Obsidian trabalhou em South Park: The Stick of Truth para a publisher THQ. O jogo passou por vários problemas durante o desenvolvimento, incluindo a desenvolvedora sofrendo demissões e o jogo trocando de publisher para a Ubisoft. A data de lançamento foi originalmente marcada para março de 2013, mas sofreu um ano inteiro de adiamentos, chegando às prateleiras em março de 2014. No que diz respeito a adaptações, The Stick of Truth é um dos melhores jogos baseados em televisão ou cinema.


8 – Legend Of Zelda: Breath Of The Wild

The Legend Of Zelda: Breath of The Wild foi lançado junto com o Nintendo Switch. Nunca antes um console portátil poderia ter a esperança de rodar algo tão ambicioso quanto esse título Zelda de mundo aberto.

No entanto, não foi um caminho fácil para o lançamento, como mostrado pela meta de lançamento inicial para 2015, que foi adiada em dois anos. Problemas a física do game na engine foram citados como a principal causa de problemas de desenvolvimento, mas também foi uma das características mais destacadas da jogabilidade, então os atrasos compensaram. Compensaram até demais, para falar a verdade, já que Zelda: Breath of the Wild ostenta uma incrível nota de 97 no Metacritic, venceu o prêmio de Jogo do Ano em 2017 e aparece no topo de todas – eu disse TODAS – as listas de melhores jogos de todos os tempos.


7 – Crackdown 3

Crackdown 3 foi anunciado na E3 de 2014 e a primeira data de lançamento anunciada foi 2016. No entanto, o game sofreu adiamento atrás de adiamento até que finalmente foi lançado em 2019. Após o lançamento, as pessoas se perguntaram por que o jogo demorou tanto para ser concluído, considerando que um game de ação bastante normal ambientado em um mundo aberto. Não chega a ser um jogo ruim em nenhum sentido, mas também não contribui com nada de novo para o gênero. A maioria das avaliações fica entre 60 e 70.


6 – Final Fantasy XV

Final Fantasy XV foi anunciado pela primeira vez como Final Fantasy Versus XIII em 2006. Após anos de poucas atualizações e um pequeno trailer aqui e ali, o título foi rebatizado como Final Fantasy XV em 2013. Mesmo depois de todo esse tempo, o jogo sofreu ainda um último adiamento de setembro de 2016 novembro. Apesar de estar em desenvolvimento por cerca de uma década, o jogo sofreu apenas um atraso público, uma vez que todas as outras dificuldades foram feitas nos bastidores.


5 – Aliens: Colonial Marines

A franquia Alien e os videogames andam de mãos dadas. Mas embora alguns jogos baseados na propriedade tenham encontrado o sucesso, Aliens: Colonial Marines não foi um deles. Depois que um jogo não relacionado com o mesmo nome foi cancelado no PS2, a Gearbox foi escolhida para trazer a franquia para o PS3 e Xbox 360. Inicialmente definido para um lançamento em 2009, demissões na Gearbox e um desenvolvimento terceirizado da empresa para a Timegate Studios causaram adiamentos até 2013.


4 – Daikatana

John Romero é lendário por sua contribuição na franquia Doom. Mais recentemente, ele fundou a Romero Games com sua esposa Brenda, um estúdio que atualmente se prepara para o primeiro lançamento de Empire of Sin em dezembro. Entre esses dois projetos, John Romero trabalhou no infame Daikatana. O jogo de FPS foi fortemente comercializado como a próxima evolução no gênero, com uma campanha publicitária particularmente agressiva. Os adiamentos só aumentaram ainda mais o hype. Infelizmente, o jogo final é atolado por uma IA notoriamente pobre para os parceiros do jogador.


3 – Prey

Importante frisar, não estamos falando do Prey da Arkane Studios, mas sim do jogo de tiro em primeira pessoa da Realms lançado em 2006. Fiel à reputação da desenvolvedora no final dos anos 90, Prey foi anunciado em 1995 e passou por várias iterações antes de ressurgir em 2005.

Os trailers do projeto original ainda existem, mostrando uma diferença impressionante. Uma sequência até chegou a entrar em desenvolvimento, mas foi cancelada mesmo depois que uma demonstração de jogabilidade se tornou pública.


2 – Mighty No. 9

Keiji Inafune projetou Mega Man e atuou como produtor dos jogos Mega Man Legends. Ele fez um crowdfunding para um novo jogo com seu novo estúdio após deixar a Capcom, chamado Mighty No. 9, que na verdade era meio que um sucessor espiritual do próprio Mega Man. Originalmente agendado para um lançamento em abril de 2015, o game sofreu um total de três adiamentos até chegar às lojas em junho de 2016. Infelizmente, a recepção foi de mista para negativa, com reclamações voltadas principalmente para o nível de design pouco inspirado e jogabilidade travada.


1 – Max Payne 3

Depois de Max Payne 2, a série foi passada para a Rockstar Games, que anunciou um terceiro jogo da franquia com lançamento para 2009. O game foi continuamente adiado várias vezes até ser praticamente esquecido, voltando apenas dois anos depois com mais trailers e imagens. Mesmo depois de todo esse tempo, o jogo foi adiado uma última vez de março para maio de 2012. A espera valeu a pena no final, já que Max Payne 3 é um dos melhores jogos de tiro em terceira pessoa já feitos.



Comentários